11 de novembro de 2014

99

A fotografia ilustra uma das recompensas da subscrição pública, neste caso, uma subida do rio  Teixeira. Garantimos que vale a pena.

Desde o primeiro momento que a Montis pretende ser uma associação de sócios, para sócios e contando com os sócios.

No seu modelo de financiamento pretende-se que as quotas dos sócios paguem despesas básicas da associação, o que nos parece possível com cerca de 750 sócios.

Até chegarmos a esse ponto, temos de ir procurando optimizar os recursos disponíveis para crescer sem dramas financeiros.

Uma das maneiras é conseguirmos chegar a um estuto que nos permita beneficiar do mecenato, e uma das formas possíveis é a inscrição no Registo Nacional de Organizações Não-Governamentais de Ambiente e equiparadas, o que pressupõe ter cem sócios. Para a Montis isso quer dizer cem sócios com quotas pagas.

Não contando os sócios que o serão no fim da campanha de crowdfunding, somos 99 sócios, próximo do objectivo de cem que tínhamos estabelecido para este primeiro ano.

Estamos contentes e muito agradecidos a quem tem confiado em nós.

Sem comentários:

Enviar um comentário