31 de outubro de 2014

38% e outras coisas

Desta vez, a fotografia, outonal, é da Sandra Mesquita

A campanha "E que tal sermos donos disto tudo" vai continuando e, até agora, tem ultrapassado as nossas melhores expectativas.

38% do financiamento angariado, mais de 4 mil e quinhentos euros, mais de setenta apoiantes é um resultado que nos orgulha, mas também nos responsabiliza.

Por isso continuamos a trabalhar para não defraudar todo este entusiasmo, angariando só 11 999 euros, que determinaria o falhanço da campanha. De acordo com as boas práticas do crowdfunding, trabalhamos no modelo de tudo  ou  nada, isto é, ou há o dinheiro para a totalidade do projecto, ou é devolvido.

No dia 9 de Novembro, integrado no festival das quatro estações de Vouzela, vamos aos cogumelos, aprender, colher e comer.

No dia 14 de Novembro, vamos a Cascais, ao restaurante 100 vícios, onde o Chef António Alexandre nos  vai preparar um jantar de apoio à campanha, para o qual podem já a fazer reservas para o mail da Montis, embora a informação completa ainda venha a ser divulgada por estes dias.

No dia 22 de Novembro temos um colóquio sobre economia da biodiversidade nas Termas de São Pedro do Sul, chamando a atenção para os lugares limitados do autocarro. Não é muito boa ideia deixar para o fim a inscrição.

Ainda teremos uma fotografia do João Cosme, da série que foi feita sobre os lobos do Noroeste de Portugal, para a venda da qual estamos a estudar a melhor mecânica de leilão.

E haverá mais, porque estamos mesmo empenhados em chegar ao fim com 12 mil euros para a compra dos terrenos. Não queremos ficar com a ideia que foi por falta de empenho que nos faltou o euro final, se for o caso.

Sem comentários:

Enviar um comentário