2 de maio de 2015

Histórias com gente normal


A Montis vai organizar um novo colóquio, seminário o que lhe queiram chamar, em 23 de Maio.
É um seminário que junta gente normal a falar do que fez quando resolveu contar com a outra gente normal.

Para além de uma visita à tarde para vermos a floração dos loendros, para além de duas palestras de enquadramento, vale a pena ir ouvir falar de três projectos concretos de gente que não esteve à espera do financiamento, do Estado, do PDR, da chuva, da Nossa Senhora para se pôr a caminho.

Este post é uma breve apresentação de um desses projectos, de como um professor primário vai trabalhando as tradições da aldeia com os seus alunos, de como com isso vai reactivar o rancho folclórico, de como isso leva os pais dos alunos a estudar de novo, de como isso vai criar economia, até hoje as organizações que resultam deste processo serem as maiores empregadoras da freguesia.

Vale a pena aparecer, a 23 de Maio, para ouvir, perguntar, aprender, questionar como foi possível pessoas como nós fazerem coisas que achamos que não somos capazes de fazer.


Sem comentários:

Enviar um comentário