1 de dezembro de 2016

Mudanças



Quando se fundou a Montis optou-se por um modelo de estatutos muito aberto, prevendo-se um regulamento interno que definisse melhor o que se entendesse que precisaria de mais pormenor.
Durante o mandato que agora termina não se sentiu  grande necessidade de fazer o dito regulamento interno, excepto agora, quando o processo eleitoral estava a ser lançado, sendo demasiado tarde para definir melhor as regras do processo eleitoral.
Entre adiar o processo, fazer um regulamento, fazer uma Assembleia Geral para o aprovar ou prosseguir com o processo eleitoral, optou-se fazer seguir o processo, apesar da sua imperfeição, ficando como tarefa da próxima direcção fazer o regulamento interno necessário e aprová-lo na Assembleia Geral da Primavera.
Os primeiros orgãos sociais da Montis decidiram apresentar-se de novo a eleições, embora com alterações, sem prejuízo de ser possível até à Assembleia Geral, apresentarem-se outras listas.
As alterações que agora se verificam na proposta de orgãos sociais não resultam de mais que acertos em função das vidas das pessoas, que mudam com o tempo, não resultando de qualquer divergência de fundo entre as pessoas que até agora se disponibilizaram para fazer parte dos orgãos sociais.
Havendo uma norma estatutária que impede o exercício de mais de dois mandatos consecutivos nos orgãos sociais, é também útil que se vá fazendo alguma alteração da composição dos orgãos sociais para que haja sempre a possibilidade de manter a continuidade de algumas pessoas, evitando alterações totais nos orgãos sociais, se não resultarem do confronto democrático de diferentes listas candidatas e diferentes perspectivas sobre a Montis.
Este é mais um dos raros posts que são assinados porque gostaria de agradecer publicamente a todos os que se disponibilizaram para apoiar a Montis através da participação nos orgãos sociais, numa fase muito embrionária da Montis.
Provavelmente vamos activar o Conselho Consultivo previsto nos estatutos (mas não obrigatório) para poder continuar a contar com as vossas opiniões.
Muito obrigado e vamo-nos vendo nas actividades da Montis, como a que ilustra este post, neste caso, o primeiro passeio do fogo.
Ou já neste fim de semana, na primeira oficina natural que vamos fazer.
henrique pereira dos santos

Sem comentários:

Enviar um comentário