19 de maio de 2016

A Montis está contratar!

A Montis pretende contratar um técnico de conservação da natureza, ao abrigo da medida Estágio Emprego do IEFP .



Procuramos alguém que aceite correr o risco de ser pago de acordo com o valor dos estágios do IEFP, para fazer muito mais trabalho do que podemos pagar, sem limites de funções, que seja simultaneamente porteiro, responsável pela limpeza, secretariado, técnico de conservação, responsável pela comunicação, gestor e o mais que surja.

Oferecemos em troca:
Uma bolsa IEFP por um ano no valor de quase 563,74 euros, a que acresce o subsídio de alimentação, perfazendo um ordenado liquido mensal de 653,41 euros, com a possibilidade de continuação, se houver condições financeiras, escritório em Vouzela para desenvolver o trabalho, todo o apoio técnico e de gestão que sabemos, vontade de fazer mais e melhor e a possibilidade de criar um futuro melhor, para a associação, mas também para os que nela trabalham.

Política de recursos humanos da Montis

A Montis não acredita em organizações assentes na alta rotação de recursos humanos, procurando criar condições para que os seus trabalhadores tenham oportunidades profissionais consistentes.

No entanto, sendo, como é, uma associação de pessoas comuns sem recursos próprios elevados, neste momento não pode garantir que após o estágio esteja assegurado o posto de trabalho, podendo apenas garantir que fará todos os esforços possíveis para prolongar o vínculo contratual após estágio, se conseguir mobilizar os recursos necessários, tal como fez com o estágio anterior, de que resultou uma contratação sem termo.

Todos os direitos laborais são escrupulosamente respeitados, sem prejuízo da necessária flexibilidade de horários que decorre da natureza do trabalho que fazemos. Férias, folgas, compensação de tempo de trabalho para lá do devido são direitos inquestionáveis.

Funções/objetivo de atividade:

- Apoio na gestão de áreas naturais;
- Gestão de programa de voluntariado;
Sem prejuízo destas duas funções essenciais, a Montis é demasiado pequena para que cada uma das pessoas envolvidas na sua actividade não esteja obrigada a fazer qualquer tarefa necessária à gestão de desenvolvimento da associação, desde atender telefonemas, abrir a porta ou varrer o chão até ao desenvolvimento de projectos complexos, se for caso disso.
No caso concreto desta contratação, é ponto assente que a pessoa contratada terá de afectar até 20% do seu tempo a trabalhos no terreno necessários à gestão das propriedades, implicando o uso de ferramentas de trabalho rural normal nestas circunstâncias.

Requisitos mínimos:

- Formação na área de engenharia biofísica, engenharia florestal, arquitetura paisagista, ciências  agro-florestais ou similar;
- Elegibilidade para frequentar Estágio Emprego ao abrigo do IEFP;
- Meios de deslocação próprios;

Outros requisitos preferenciais:

- Experiência e gosto no trabalho de campo e no acompanhamento de grupos de voluntários;
- Disponibilidade para trabalhar aos fins de semana;
- Bons conhecimentos de inglês;
- Bons conhecimentos e gosto por técnicas de engenharia natural, de gestão florestal e recursos naturais;
- Responsabilidade e boa capacidade de comunicação;
- Motivação, dinamismo e espírito de iniciativa;

Local de trabalho:

Vouzela (sede) e propriedades geridas pela associação;

Processo de candidatura:

Os interessados devem enviar um CV atualizado, carta de motivação e dois a três contactos para pedido de referencias ou cartas de recomendação para montisacn@gmail.com até ao dia 03/06/2016.

As candidaturas serão avaliadas pela carta de motivação e curriculum, numa primeira fase, sendo a segunda fase de selecção constituída por uma entrevista.

Sem comentários:

Enviar um comentário