9 de fevereiro de 2017

A Montis e mais alguns




A Montis gere 158 hectares dos quais 5,5 pertencem à associação, sendo os restantes 153 cobertos por acordos de gestão feitos com outras entidades (ALTRI, União das Freguesias de Carvalhais e Candal e Junta de Freguesia de Valadares):

Cabrieira e Dumação: 5,5 hectares adquiridos pela Montis através de crowdfunding na Serra do Caramulo, actualmente com carvalhais em regeneração;

Baldio da Granja: 3 hectares cedidos pela Assembleia de Compartes do Baldio da Granja. Com forte presença de Mimosas (Acacia dealbata) a prioridade é o controlo de invasoras, sendo a próxima acção de descasque já no dia 12 de Março;

Costa Bacelo e Vieiro: com 24 e 26 hectares respectivamente, propriedade da Altri Florestal, tem-se como objectivo manter e promover as galerias ripícolas em bom estado de conservação e controlar as invasoras que aparecem em pequenos núcleos, potenciando a biodiversidade geral destas propriedades. São as áreas onde a Montis tem tido menos intervenção até ao momento;

Baldio de Carvalhais: 100 hectares cedidos pela Assembleia de Compartes do Baldio de Carvalhais, têm decorrido jornadas de voluntariado e oficinas de engenharia natural, entre outras actividades englobadas na campanha de crowdfunding realizada em 2016, dedicada à gestão desta propriedade, tendo como objectivo aumentar a velocidade de recuperação da vegetação natural numa zona regularmente percorrida por fogos e maioritariamente coberta por matos altos.

O trabalho em rede é uma ferramenta que tem permitido troca de experiências e recursos entre diferentes intervenientes na gestão do território, independentemente das diferenças de objectivos que tenham, desde que existam alguns objectivos comuns.

Os resultados são ainda escassos, sendo apenas visíveis nos terrenos da Montis, que temos gerido há mais tempo e de forma mais constante, mas justificam uma visita e uma discussão das opções de gestão que temos tomado.

Apareçam, mais cabeças pensam melhor que menos cabeças e sabemos que cometer erros é uma fatalidade para quem queira fazer alguma coisa.

Sem comentários:

Enviar um comentário