30 de abril de 2017

Dispersão


Os actuais orgãos sociais da Montis propuseram-se dar seguimento à estratégia inicial da Montis. A primeira base regional estava razoavelmente estabelecida e era tempo de alargar a presença geográfica da associação, apesar de todos estarmos conscientes das dificuldades e riscos associados.
No passeio de ontem (fotografia do topo do post), organizado por Teresa Gamito, a Montis já aparece numa paisagem diferente, um montado em Rede Natura onde, para além do prazer do passeio, fomos discutindo modelos de gestão produtivos em Rede Natura.
Entretanto, ontem e hoje, por volta 15 voluntários da Plantar uma Árvore, com uma grande amplitude de idades, vieram dar-nos uma mão na gestão da nossa base geográfica principal, neste caso no baldio de Carvalhais. Devemos um enorme agradecimento a São Pedro que teve a delicadeza de só mandar chuva durante a noite e estamos convencidos de que foi apenas para testar as novas tendas que comprámos para estas actividades. Passaram no teste.
No dia 13 temos o nosso sócio António Salgueiro a acompanhar mais um passeio do fogo, pela área em que fizemos o fogo controlado, as oficinas de engenharia natural e onde os voluntários trabalharam ontem, uma oportunidade notável para discutir o uso do fogo como ferramenta de gestão da biodiversidade. Quem quiser pode vir de manhã (o passeio é à tarde), que vamos fazer mais algum trabalho voluntário que nos permita tirar partido das oportunidades criadas.
Para quem não saiba o que faz o António Salgueiro, aconselha-se uma visita a este episódio do programa Biosfera, sobre fogos florestais, no qual falam três sócios da Montis, incluindo António Salgueiro, uma boa introdução ao que será o passeio do dia 13.
No dia 20 de Maio é a vez do nosso sócio João Ruano Rodrigues organizar um passeio em Mogadouro, que se aconselha vivamente a quem tenha oportunidade de lá estar: pelo percurso, pelo acompanhamento e interpretação da paisagem feita por quem a conhece bem a região e pelo bem que se comerá, com certeza.
A 26 de Maio, integrado na Sustentabilis, feira de sustentabilidade da Freguesia dos Olivais, em Lisboa, teremos o colóquio da Montis desta Primavera, sobre sustentabilidade na prática.
E ainda é bem possível que tenhamos novidades em Maio, com a primeira área de gestão pela Montis fora da nossa base geográfica inicial.
Algumas coisas correrão mal neste aumento de dispersão geográfica da Montis, com certeza, mas não é por isso que nos vamos deixar intimidar pelo risco de falhar, estamos habituados a trabalhar nessa base.

Sem comentários:

Enviar um comentário