A abundância de bolotas e cogumelos

O último fim-de-semana (1 e 2 de Dezembro) foi de voluntariado académico no baldio de Carvalhais, S. Pedro do Sul, com a participação de 9 voluntários (entre eles os voluntários de longa duração) e o apoio do VpN - VO.U. pela Natureza, ao abrigo do Projeto LIFE ELCN (LIFE 16 PRE/DE/000005).


Este voluntariado começou por uma atividade um pouco mais exigente que está associada às faixas de contenção necessárias ao fogo controlado agendado para quinta-feira dia 06/12
Passado já quase um mês da última janela de oportunidade e com as últimas chuvas, a vegetação já tinha começado a instalar-se nos 30cm de solo mineral necessários das faixas de contenção que comprem também um requisito de 2m entre copas.
Assim, foi com enxadas nas mãos e muita força de vontade que fomos subindo a faixa entre o 2º e o futuro fogo controlado e aprimorando os últimos retoques que já tinham sido iniciados pela equipa técnica e os voluntários de longa duração no dia anterior.



Terminados os trabalhos na faixa de contenção, plantaram-se ainda 54 carvalhos (Quercus robur) junto a esta, na zona já intervencionada com fogo controlado na última primavera.


Após um dia mais duro que o habitual e uma noite com poucas horas de sono devido ao frio que se fez durante a noite, começamos as atividades de domingo com apanha de bolotas.
Muito ao contrário do que aconteceu no voluntariado académico do início de Outubro com a VpN - VO.U. pela Natureza desta vez as bolotas não eram verdes, pequenas, e em pouca quantidade. E as voluntárias que tinham vindo nesse voluntariado foram testemunhas disso e fizeram questão de o referir: "Estou fascinada! Há tantas, são tão grandes e castanhas."


Satisfeitos com a recolha de bolotas, subimos ao baldio aproveitando para tentar identificar algumas espécies principalmente de cogumelos que foram aparecendo entre os carvalhos e as giestas, como amanitas, boletos, russulas, falsas trufas e falsos cantarelos (registadas no projeto Montis na plataforma iNaturalist.)


Acabámos o fim-de-semana com a sementeira das bolotas que começavam a apresentar germinação e pela manutenção dos tabuleiros da propriedade com a colocação de bolotas.

Mais uma vez agradecemos todo o trabalho feito, por todo o interesse e pelo apoio dado na gestão desta propriedade. 
E por fim, agradecemos ainda o apoio da Pastelaria Flor do Zela, que nos doou alguns produtos alimentares.

Rita Almeida

Comentários